Estrutura metálica

Estrutura metálicaEstruturas metálicasComprar estrutura metálica
Estas imagens foram obtidas de bancos de imagens públicas e disponível livremente na internet

ESTRUTURA METÁLICA: ENTENDA PARA QUE SERVE E AS VANTAGENS OFERECIDAS

Toda edificação precisa ser composta por uma estrutura para que se mantenha firme e consiga suportar ações climáticas como calor, frio, vento, chuva, entre outros impactos que pode ser recebido, como cargas pesadas, grande circulação de pessoas e outras situações que exigem que o ambiente e sua estrutura tenha algumas características capazes de promover suporte e segurança.

Além da questão estrutural é preciso também que antes de começar uma obra seja avaliado as condições o solo pois este será responsável por suportar todo o peso da edificação considerando estrutura, paredes, piso, janelas, portas, móveis, equipamentos e muitos outros elementos que serão suportados pelo solo, por isso, é imprescindível que o responsável técnico pela obra inicie fazendo uma validação do solo, considerando se possui as condições básicas como resistência e fixação.

Além disso, é necessário fazer todo um levantamento para avaliar as condições de todo o local considerando se ao redor possui alguma área de risco como possíveis desmoronamentos, edificações com riso e queas e muitos outros fatores que são de extrema importância para serem avaliados.

CLASSIFICAÇÕES ESTRUTURAIS

Existem dois tipos de estruturas mais conhecidas e utilizadas sendo consideradas como hiperestáticas e isostáticas, ou seja, moldada no local e pré-moldada. Veja abaixo características de cada uma:

1- Hiperestáticas

É conhecido também como estrutura de alvenaria, sendo bem comum para imóveis terrenos ou com mais de um pavimento. A estrutura hiperestáticas tem uma produção mais demorada, porém trata-se de um procedimento mais econômico, esse modelo possui como base a madeira e seu revestimento é feito com concreto. Costuma ter todas as partes interligadas, por isso, quando ocorre algum impacto em determinada parte todo o restante é comprometido.

Com esse modelo é possui economizar na compra e uso de materiais, pois a interligação dos materiais consegue fazer com que o uso seja menor. É bem comum encontrar um modelo misto com esse material estrutural principalmente em vigas. É um modelo muito utilizado em hotéis e locais residenciais. A grande características dessa obra é que as peças são montadas no momento da execução como os blocos e revestimento e concreto.

2- Isostáticas

Esse padrão permite que a estrutura das peças seja fabricada antes da execução a obra e que são apenas montadas no local, o que permite que os materiais sejam mais independentes e caso ocorra algum impacto em determinada área não provoque danos a outras áreas do imóvel. É um procedimento com custo mais elevado, porém tem como vantagem a rápida finalização. Esse formato também permite que estruturas mistas como o uso de estrutura metálica seja utilizada em sua composição para vigas e lajes, entre outras formas.

Esse sistema costuma ser utilizado para obras de grande porte e que tenham objetivo de execução em período curto de tempo, por isso, essa medida é mais comum para shoppings centers, galpões, supermercados e outros empreendimentos que tenham um investimento alto e que buscam um processo de execução acelerado.

Após a finalização da obra devido ao revestimento fica difícil identificar qual dos dois sistemas foram utilizados, apenas um profissional técnico pode identificar com algumas avaliações estruturais, ma visualmente, ambas estruturas proporcionam um acabamento agradável e eficaz.

TIPOS DE MATERIAIS PARA FORMAÇÃO ESTRUTURAL

1- Madeira

Pode ser utilizada em todo o tipo de edificação, o único cuidado necessário é que esse material não pode ter contato direto com o solo, sendo necessário uma base para fazer a interligação e fixação do material, pois pode ser facilmente comprometido quando entra em contato com umidade e dependendo do solo é possível que ofereça um aspecto mais úmido.

Possui baixo custo e é um material leve e esteticamente mais agradável, embora na maioria das veze pode ser revestido por outras composições não ficando aparentemente visível. É também facilmente adaptável e montado na execução da obra.

2- Metálica

É muito utilizado principalmente na execução de vigas, pois proporciona um pé direito alto. É um material que passa por um processo de soldagem para ser fixado ou através da fixação com parafusos. A estrutura metálica pode ser reaproveitada e adaptada, podendo ser facilmente alterada, a fim de montar estruturas diferenciadas com um único material.

3- Concreto armado

É o modelo mais utilizado e presente em praticamente todas as edificações, poi pode ser facilmente moldado atendendo a diversas expectativas e é um material bem resistente. Pode ser combinado com outros materiais como é o caso da estrutura metálica para vigas. É um material mais econômico e costuma ter custo mai baixo que os outros materiais, por isso, é um dos mais utilizados, principalmente no caso de residências. É fácil encontrar profissionais que dominam a formação estrutural por meio do concreto armado, além de ser um material impermeável e que exige pouca manutenção.

Como vimos, existem três tipos de materiais mais comuns para a formação estrutural de uma edificação, porém a esse material estrutural é uma das mais adaptáveis, podendo ser utilizada na formação de vigas e assim formar uma estrutura mista com as demais.

ESTRUTURA METÁLICA E FORMAS DE USO

É composta por materiais metálicos, e o principal é o aço, sendo formado por ferro e carbono e o que vai definir a resistência da estrutura metálica é o quanto de carbono possui em sua composição. Essas definições devem ser feita por um técnico que irá definir qual o aço mais indicado para o tipo de estrutura, pois algumas composições possuem mais carbono e outras menos.

Seu uso é feito para a formação de vigas, pilares, pórticos, mezaninos, telhados, entre outras formas de uso. É bem comum para vigas, pois é um material resistente e que permite que a extensão estrutural seja maior.

PROJETO PARA ESTRUTURA METÁLICA

Existem muitos tipos de projetos que podem conter a estrutura metálica definida para diversos sentidos e formas de uso. Um bem comum, é o projeto arquitetônico, que estabelece á área e algumas características da edificação como paredes, aberturas como portas e janelas, número de pavimentos, metragem, alguns equipamentos como elevadores e escadas rolantes, fachadas, entre outras informações importantes.

Outro tipo de projeto que a estrutura metálica pode estar presente é o Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI), esse tem como objetivo desenvolver um plano para que o local seja mais seguro e que equipamentos contra incêndio estejam disponíveis e em funcionamento para prevenir e combater o fogo, para isso, é necessário considerar o tipo e estrutura para definir quais medidas de seguranç adotar.

Terceiro modelo de projeto a ser considerado é o estrutural, onde o técnico irá considerar todo o contexto como solo, questões climáticas, questões físicas do local e outras características a fim de definir e desenhar qual estrutura melhor atende a determinado local.

Por fim, temos o projeto de orçamento e planejamento, nesse será levantado todos os custos necessários para a formação estrutural definida, considerando materiais e mão de obra. Nesse projeto é definida toda a logística e investimento estrutural.

EXECUÇÃO DA ESTRUTURA METÁLICA

Para cada forma de uso, esse material estrutural terá uma formação diferenciada, por exemplo, a estrutura de uma viga, possui características de formação, fixação e disposição diferenciada do que uma estrutura metálica para a formação de uma treliça de telhado, embora sejam compostas pelo mesmo material, possuem características e formas de instalação distintas.

A estrutura metálica é estendida e fixada através do uso e parafuso ou solda, que fazem uma peça ser interligada a outra e forma segura, com isso, é possível conseguir um extensão prolongada as peças, o que ajuda no levantamento de pé direito alto, por isso, costuma se bem utilizada esses fins. Veja algumas vantagens de aderir a estrutura metálica como parte da obra:

  • Estruturas mais resistentes e com bases padronizadas;
  • Material flexível, podendo ser utilizado para fins distintos, como vigas e treliças;
  • Maior otimização de espaço;
  • Peças com formação em aço podem ser reaproveitadas;
  • Precificação acessível;
  • Facilidade na montagem e desmontagem das peças;
  • Resistência a corrosão.

São inúmeros benefícios que a estrutura metálica apresenta, por isso, é um material que tem sido adotado na execução de obras e está presente em quase todas as edificações especialmente quando se tratam de obras grandes que pedem um pé direito mais extenso ou maior número de pavimentos que exigem colunas e vigas.

FORNECEDORES DE ESTRUTURA METÁLICA

Devido ser um material bem útil e usado para execução de obras, tem sido bem produzido e trata-se de um material de produção industrial. As indústrias têm investido na produção, pois além do metal servir para estruturas também pode ser utilizado para outros diversos fins, como estantes metálicas que servem para armazenar produtos, principalmente em estoques e outras utilidades que o aço pode oferecer.

Para fins estruturais, a estrutura metálica é facilmente encontrada com variedade de tamanhos e preços, também existe uma variedade de resistência e qualidade do material, dependendo da utilidade é necessário identificar qual o melhor material e características oferecidas. É possível encontrá-lo facilmente na internet e no portal do Soluções Industriais, que oferece uma variedade de empresas e consegue proporcionar uma cotação simplificada e rápida.

Essa experiência de cotação e compra é possível através do Soluções Industriais como um método mais seguro e eficaz para encontrar esse material e conseguir estrutura metálica com maior qualidade e preços acessíveis.

MANUTENÇÃO PREVENTIVA

Assim como todo material é necessário que a manutenção sea frequente a fim de que toda estrutura metálica mantenha sua integridade e não seja danificada com o tempo, para isso, existem empresas que oferecem manutenção preventiva, normalmente feita mensalmente a fim de testar as condições estruturais e do material caso seja utilidade para outros fundamentos.

Quando se trata de estrutura metálica, é necessário que esse material tenha um acompanhamento técnico a fim de evitar que seja comprometida por fatores como vazamentos, carga superior, gases nocivos e outros fatores que podem interferir na qualidade do material fazendo com o que tenha ação oxidante e tenha sua integridade comprometida.

Para evitar que o material seja danificado é necessário manter a pintura em dia para os casos de estruturas expostas, manter o componente metálico longe da umidade vazamentos e outros impactos que sejam agressivos ao material. Outra forma de evitar uma corrosão é a utilização do aço inoxidável que é mais resistente a essas exposições.

TIPOS DE CORROSÕES

A estrutura metálica pode ser afetada por diferentes tipos de corrosões agredindo o material de forma diferenciadas, por isso, veja abaixo quais as consequências dessas ações corrosivas e como podem prejudicar:

  • Galvânica: afeta parafusos, porcas e torres metálicas;
  • Lixiviação: forma lâminas oxidáveis que tingem as superfícies e camadas profundas do aço;
  • Erosão: mais comum quando o material é exposto a água o mar e produtos químicos;
  • Tensão: quando o material sofre tensões como cargas pesadas;
  • Frestas: quando dua superfícies entram em atrito devido à proximidade;
  • Ranhuras: ocorrer em locais onde há parafusos.

Existem diferentes formas da estrutura metálica ser atingida e danificada devido a exposição alguns fatores prejudicam a qualidade do material, porém o pior tipo de é a corrosão por pontos, que atinge diversas partes do material causando ferrugem e atingindo superficiais e profundas do material, esse efeito ocorre devido a exposição a umidade.

VANTAGENS DA ESTRUTURA METÁLICA

É um item que pode ser utilizado tanto em prédios verticais como horizontais, sendo muito eficiente para ambos. Para os casos de centro de distribuição e galpão que costuma ter uma extensão horizontal, a estrutura metálica consegue disponibilizar maior espaço e resistência, pois não é necessário a instalação e muitas colunas o que ocupa muito espaço, por isso, é mais vantajoso o uso de estrutura metálica otimizando ainda mais o espaço.

Para edifícios verticais, a estrutura metálica costuma ser muito eficiente pois consegue suportar maior número de pavimentos sem a utilização de muito material e ocupação e muitas colunas, o que é desnecessário.

Além disso, é um material de preço acessível e que proporciona resistência e um excelente suporte para qualquer imóvel. A estrutura metálica tem sido cada vez mais aderida e está presente em grande parte das obras, pois é um material eficiente e que consegue otimizar espaço e garantir que toda uma estrutura seja sustentada com qualidade e segurança.


produtos e serviços relacionados

  • Estrutura metálica galpão preço

    Estrutura metálica galpão preço

    Objetivos da estrutura de metal A estrutura metálica galpão preço justo é pensada para proteger grandes ambientes, sua manutenção deve ser feita de maneira minuciosa para que...

  • Estrutura metálica industrial

    Estrutura metálica industrial

    Optando pela estrutura metálica O aço é uma matéria-prima sinônimo de adaptação. Em décadas o aço vem comprovando sua eficiência, por ser duradouro, confiável, e permite ser moldado não deixa...

  • Estrutura metálica para cobertura

    Estrutura metálica para cobertura

    As coberturas são usadas para proteger edificação e proporcionar abrigo contra a ação do tempo, além de interferir na estética e funções utilitárias do local de forma satisfatória. Tão importante q...

Regiões onde a Ampla Estruturas atende Estrutura metálica:

  • Selecione a região do Brasil

Regiões onde a Ampla Estruturas atende Estrutura metálica:

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe